Abastecimento no campo

por Fernando de Barros

Nestes casos, o tanque deve ser aéreo. Há necessidade, em seu entorno, de uma bacia estanque para que, no caso de vazamento de combustível, haja a contenção do material, para evitar o derramamento e a contaminação do solo. O planejamento de nossas atividades, sob o ponto de vista ambiental, deve, em primeiro lugar, prevenir a ocorrência de acidentes; e, em segundo lugar, preparar planos de controle para limitar os danos no caso de algum problema.

Leia mais

Restos de agrotóxicos

Devemos tomar os cuidados necessários na hora de abastecer e na hora de lavar os equipamentos com restos de agrotóxicos

por Fernando de Barros

Dentro da atividade agropecuária, os donos e funcionários das fazendas lidam diretamente com equipamentos que contêm agrotóxicos. É o caso dos pulverizadores, sejam eles os costais individuais ou os grandes aplicadores. O que ainda se observa, na maioria das propriedades rurais, é a utilização desses equipamentos sem os cuidados ambientais necessários – não só na hora de abastecer como na hora de lavá-los.

Leia mais

Outorga de poços

por Fernando de Barros

“Quer dizer que para usar água de rio que passa em minha propriedade eu preciso de autorização? Só faltava essa agora!” Essa é a queixa que se ouve de muitos produtores atualmente. Para respondê-la, lembremos alguns dados. Primeiro: apesar do planeta ter água em 70% de sua superfície, a maior parte desse volume (97,5%) encontra-se nos mares e oceanos. Trata-se de água salgada, imprópria para o consumo humano e produção de alimentos. E os 2,5% restantes de água também não estão inteiramente disponíveis para o uso: a maior parte (68,9%) encontra-se nas calotas polares e geleiras, 29,9% constituem as águas subterrâneas e 0,9% são relativas à umidade dos solos e pântanos. Ou seja, as águas doces de rios e lagos, próprias para aproveitamento humano, representam apenas 0,3% do total de água do planeta.

Leia mais

Licença ambiental obrigatória

por Fernando de Barros

Muitos empresários que desconhecem os riscos de poluição de seus estabelecimentos têm dificuldade para compreender porque têm que licenciar no órgão ambiental sua atividade empresarial. Não o fazem por má fé, mas por falta de conhecimento do que seja impacto ambiental ou poluição. Acham que poluição é quando ocorre mortandade de peixes por algum vazamento ou quando a poluição é muito visível ou agressiva, como acabamos de ver no Golfo do México.

Leia mais

A regularização ambiental de uma propriedade rural

por Fernando de Barros

Para começar a regularização ambiental de uma propriedade rural, o primeiro passo é fazer o georreferenciamento com vistas à sua inscrição no INCRA. O Brasil optou por digitalizar todas as propriedades rurais de seu território com o propósito de, num futuro breve, reduzir ao mínimo as divergências quanto ao limites das propriedades.

Leia mais

É hora de virar o jogo

por Fernando de Barros

Formei-me em 1973, portanto há 37 anos, na PUC-RJ, em Engenharia Civil. Na época, os engenheiros ainda eram treinados para “domar a natureza”: abrir estradas, limpar o terreno e erguer as obras – o que importava era o desenvolvimento. Em minha formação, quase nada se comentou sobre os impactos de nossa atividade no meio ambiente. Não se pensava sobre isso naquele tempo. Na vida profissional do engenheiro de obras, as árvores eram – e, para muitos, ainda são – um obstáculo a ser vencido. Em nossos barracões, sempre havia dois ou três machados, que eram utilizados com grande freqüência sem a menor cerimônia ou sentimento de culpa.

Leia mais

Resíduos no campo

Orgânicos viram adubo, o que reduz custos e aumenta a rentabilidade

por Fernando de Barros

Em toda propriedade rural há grande geração de resíduos: são embalagens, latas, caixas, sobras de alimento, resíduos de banheiros, seringas e material para inseminação artificial de animais, restos de medicamentos e de placenta, resíduos perigosos de agrotóxicos, de óleo para motor, de combustíveis para veículos e máquinas, dentre outros.

Leia mais

Matas ciliares

Sistema vegetal ciliar é um aliado do produtor na busca pelo desenvolvimento

por Fernando de Barros

Se você tiver alguma dúvida sobre a importância das matas ciliares, recomendo um exercício interessante: vá à prefeitura e peça para ver os mapas de Londrina elaborados em papel vegetal e tinta nankin pelo desenhista Joaquim Capelo nos anos 1960. Depois, confronte esses mapas, onde aparecem, com destaque, os rios da cidade, com imagens atuais do satélite Google Earth. Você ficará – como eu fiquei – impressionado: muitos cursos d’água que constam dos mapas antigos não existem mais.

Leia mais

lâmpadas philips ap1

Lâmpada que dura 20 anos e custa US$ 60 chega às lojas nos EUA

Notícia publicada no site www.folha.com mostra produto inovador na economia de materiais

lâmpadas philips ap1Uma lâmpada que dura 20 anos e custa US$ 60 (cerca de R$ 110) começou a ser vendida nos Estados Unidos nesta semana. O produto, fabricado pela multinacional Philips, substituiu os tradicionais filamentos por diodos emissores de luz (LED, em inglês).

Leia mais