campus-londrina

Master Ambiental recebe estagiários de engenharia ambiental da UTFPR

Quatro alunos da Universidade Federal Tecnológica do Paraná começam a realizar seu estágio obrigatório na área técnica da empresa.

campus-londrinaCom o intuito de contribuir para o desenvolvimento de novos profissionais, a Master Ambiental abriu quatro vagas para receber alunos do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR) para a realização do estágio obrigatório, previsto na grade curricular do curso.

Leia mais

estande ap2

Hoje é último dia da Feira do Senai

Master Ambiental já avalia resultados positivos da participação no evento

estande ap2

Centenas de visitantes já estiveram na 8º Feira Eletromecânica e Construção Civil, realizada no Senai, em Londrina, onde a Master Ambiental participa com stand próprio. Hoje é o último dia de exposição, aberta das 16:00 horas às 22 horas.

Leia mais

feira-senai

Master Ambiental lança selo verde na 8º Feira Eletromecânica e Construção Civil 2012

A construção civil é o principal foco da feira que reúne empresários e novidades do setor

Feira Eletromecânica e Construção CivilA Master Ambiental vai participar da 8ª Feira Eletromecânica e Construção Civil 2012, onde lança ao mercado o seu SELO VERDE para Produtos, Serviços e Construções. O evento começa nesta terça-feira, dia 24, e vai até o dia 27 de abril, na Faculdade de Tecnologia SENAI , em Londrina.

Leia mais

Agenda do novo século

Mensagem é clara: quem estiver com a cabeça no século XX vai se dar mal

por Fernando de Barros

CANCUN – Foi indescritível a emoção de chegar ao Cancun Messe, local da COP 16, a Conferência Mundial do Clima promovida pela ONU, por estarmos participando de um evento internacional que discute meios de se manter viva a espécie humana na Terra, frente às ameaças do aquecimento global.

Leia mais

Por que reciclar?

Por que reciclar? Ganhar dinheiro, não poluir, poupar insumos: eis as razões da reciclagem

por Fernando de Barros

O Brasil produz 260 mil toneladas de lixo por dia – 76% são depositados a céu aberto em lixões, 13% são depositados em aterros controlados, 10% são depositados em aterros sanitários, 0,9% são compostados em usinas e 0,1% são incinerados. O faturamento do setor de reciclagem no Brasil chega a R$ 32 bilhões por ano; porém, ainda desperdiçamos R$ 4,6 bilhões com perdas nas coletas municipais.

Leia mais

Outorga de poços

por Fernando de Barros

“Quer dizer que para usar água de rio que passa em minha propriedade eu preciso de autorização? Só faltava essa agora!” Essa é a queixa que se ouve de muitos produtores atualmente. Para respondê-la, lembremos alguns dados. Primeiro: apesar do planeta ter água em 70% de sua superfície, a maior parte desse volume (97,5%) encontra-se nos mares e oceanos. Trata-se de água salgada, imprópria para o consumo humano e produção de alimentos. E os 2,5% restantes de água também não estão inteiramente disponíveis para o uso: a maior parte (68,9%) encontra-se nas calotas polares e geleiras, 29,9% constituem as águas subterrâneas e 0,9% são relativas à umidade dos solos e pântanos. Ou seja, as águas doces de rios e lagos, próprias para aproveitamento humano, representam apenas 0,3% do total de água do planeta.

Leia mais