noticia-logistica-reversa

Logística reversa começa a funcionar

noticia-logistica-reversaO Ministério do Meio Ambiente lançará este mês os dois primeiros editais para criação de acordos setoriais com orientações estratégicas para a implementação da logística reversa de lâmpadas fluorescentes e de embalagens e resíduos de óleos lubrificantes. Previstos na Política Nacional de Resíduos Sólidos, os acordos setoriais criam a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto, envolvendo desde o fabricante até o consumidor, passando pelo poder público, comerciantes e distribuidores a tarefa de dar a destinação correta para o resíduo.

Leia mais

noticias-sociedade-civil

Sociedade civil e governo vão discutir estratégias para resíduos sólidos em 2013

noticias-sociedade-civilAs contribuições de representantes da sociedade civil, de governos e do setor privado para a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no país serão concluídas no fim do ano que vem. Enquanto isso, os debates municipais e regionais que precedem o encontro, marcado para outubro de 2013, começam em três meses. Mas será apenas durante a 4ª Conferência Nacional de Meio Ambiente (CNMA), que esses setores vão apresentar, em tom mais conclusivo, as estratégias que já foram incorporadas em suas atividades e as novas medidas que ainda poderão ser adotadas.

Leia mais

noticia-exemplo-norte

O exemplo que vem do Norte

Dos 65 municípios do Amazonas, 55 estão na fase final de criação dos planos de resíduos sólidos. Foram investidos R$ 2,8 milhões para beneficiar as cidades do interior

Gerenciamento de ResíduosO governo do Amazonas, no início de 2011, tomou uma decisão que deu resultado: propôs parceria à Associação Amazonense de Municípios e ofereceu recursos para elaboração dos planos municipais de gestão de resíduos sólidos. Dos R$ 2,8 milhões investidos, R$ 1 milhão são oriundos do Estado e os R$ 1,8 milhão restantes rateados entre 65 das 61 cidades do interior. Destas, 55 já concluíram seus planos que agora precisam ser aprovados pelas respectivas Câmaras Municipais.

Além desses, a capital, Manaus, vai pelo mesmo caminho. “É um exemplo a ser seguido, quase todos os municípios do estado já possuem seus planos”, disse o gerente de Projetos da Secretaria de Recursos Hídricos (SRHU) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) Ronaldo Hipólito. “O estado tomar a frente é uma boa prática para aperfeiçoar a implantação da política de resíduos sólidos. Nós estivemos presentes na solenidade de entrega dos planos, lá em Manaus e ficamos muito satisfeitos com o que vimos e ouvimos”.

Leia mais

noticia-mma

MMA lança edital para logística reversa de embalagens

Logística ReversaO Ministério do Meio Ambiente (MMA) publicou, no último dia 09 de julho, o edital para os profissionais que trabalham com embalagens apresentarem soluções para o sistema de reaproveitamento desses produtos. As propostas serão aceitas até 120 dias a partir da publicação oficial. O texto deverá propor a obrigatoriedade de destino adequado para resíduos sólidos, forma de reaproveitamento e uma disposição final sobre os rejeitos em aterro. O projeto também terá de definir como responsabilidade dos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes e consumidores a implantação destas diretrizes.

Leia mais

Foto Ibaiti Palestra

Promotor de Ibaiti alerta empresários sobre a Lei Nacional de Resíduos Sólidos

Foto Ibaiti PalestraA promotoria de Justiça da Comarca de Ibaiti, em parceria com o Município e com a Cooperativa de Coleta Seletiva de Ibaiti Ltda. (Coopersoli), promoveu uma reunião com dezenas de empresários da cidade para alertar sobre as responsabilidades estabelecidas pela Lei Nacional de Resíduos Sólidos, que determina o gerenciamento da destinação do lixo gerado pelas empresas comerciais. O evento aconteceu na última quinta-feira, dia 24, e foi motivado pelo lançamento do Projeto piloto de Coleta Seletiva, que contou com adesão de apenas duas empresas da cidade.

Leia mais

Muda tudo: geração e destinação de resíduos

Nova lei deixa claro que todos são responsáveis pela geração e destinação de resíduos

por Fernando de Barros

Após 21 anos tramitando no Congresso Nacional, foi aprovada e sancionada a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos. Até então, a geração e destinação de resíduos gerados por pessoas e empresas eram relegadas a segundo plano – nos preocupávamos apenas com o consumo. Tudo era muito simples: gerávamos os resíduos, colocávamos lá fora para a prefeitura recolher e tudo era jogado em um lixão bem longe da cidade.

Leia mais

E o lixo virou adubo

No Paraná, resíduos já estão virando adubo para fertilizar canteiros e jardins

por Fernando de Barros

Quando se fala que os resíduos orgânicos de uma cidade devem ser segregados nas residências para depois serem encaminhados para a compostagem para virar adubo, muitos não acreditam que isto seja possível. Para a maioria da população, compostagem é igual a disco voador: todo mundo acha que existe, mas nunca ninguém viu.

Leia mais

Restos de agrotóxicos

Devemos tomar os cuidados necessários na hora de abastecer e na hora de lavar os equipamentos com restos de agrotóxicos

por Fernando de Barros

Dentro da atividade agropecuária, os donos e funcionários das fazendas lidam diretamente com equipamentos que contêm agrotóxicos. É o caso dos pulverizadores, sejam eles os costais individuais ou os grandes aplicadores. O que ainda se observa, na maioria das propriedades rurais, é a utilização desses equipamentos sem os cuidados ambientais necessários – não só na hora de abastecer como na hora de lavá-los.

Leia mais

Por que reciclar?

Por que reciclar? Ganhar dinheiro, não poluir, poupar insumos: eis as razões da reciclagem

por Fernando de Barros

O Brasil produz 260 mil toneladas de lixo por dia – 76% são depositados a céu aberto em lixões, 13% são depositados em aterros controlados, 10% são depositados em aterros sanitários, 0,9% são compostados em usinas e 0,1% são incinerados. O faturamento do setor de reciclagem no Brasil chega a R$ 32 bilhões por ano; porém, ainda desperdiçamos R$ 4,6 bilhões com perdas nas coletas municipais.

Leia mais